Outras plataformas:
10/01/2019 | 11:52:16

Feminicídios aumentam 40,9% de 2017 para 2018 no RS



Em 2018, 117 mulheres foram mortas no Rio Grande do Sul com seus casos enquadrados dentro do crime de feminicídio, em razão do gênero. O dado foi divulgado nesta quarta-feira (9) pela Secretaria de Segurança Pública, e é 40,9% maior que o de 2017. No ano anterior, foram registradas 83 ocorrências.


De novembro para dezembro de 2018, o aumento de feminicídios foi de 100%. Foram oito casos contra 16.


"A gente precisa mudar uma cultura, a gente vai levar gerações para mudar essa cultura. Isso é uma questão que começa na escola", avalia Shana Luft Hartz, nova diretora do Departamento Estadual de Proteção a Grupos Vulneráveis (DPGV), que inclui as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams).


A delegada afirma ainda que, muitas vezes, o histórico de agressões pelas quais a mulher vítima passou antes do feminicídio fica à margem da lei, porque ela não se sente encorajada a denunciar. Ao mesmo tempo, reconhece que o acolhimento ainda não é o ideal.


"Estamos trabalhando na criação de uma delegacia especializada no atendimento de vulneráveis. A gente sabe que padecemos muito ainda na questão do atendimento, mas há uma intenção de melhorar", garante Shana, prometendo fortificar a rede.


Outros crimes dentro dos indicadores de violência contra a mulher, levantados mês a mês pela SSP, apresentaram aumento em 2018, como estupro: 3% e feminicídio tentado: 9,5%.


Tiveram queda de 2017 para 2018 os crimes de lesão corporal (-4,9%) e ameaça (-0,8%).


Sobre o aumento no índice de estupros, a delegada diz que, neste caso, não significa que o crime em si está aumentando, mas sim, que está tendo uma notificação maior.


"Os dados são muito menores do que realmente acontecem. Temos toda a questão dos crimes que acontecem dentro de casa, que ficam escondidos", estima Shana.

Fonte: Redação
MAIS NOTÍCIAS


Rádio Colonial AM - 1460 Khz
Travessa Dr. Bruno Dockhorn, n°18
Centro - Três de Maio/RS
Cep: 98910-000
Fone/Fax: (55) 3535-1022

E-mails
· colonialam@gmail.com
· colonialouvinte@gmail.com (para ouvintes enviarem seus recados)
ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK