Outras plataformas:
13/03/2019 | 02:36:54

Grêmio perde para o Libertad e se complica na Libertadores


Grêmio sofreu a sua primeira derrota na temporada - Félix Zucco / Agencia RBS

O reencontro da Arena com a Libertadores teve o mesmo resultado da despedida no ano passado. Sem repetir as atuações luxuosas do Gauchão, o Grêmio foi surpreendido pelo Libertad e acabou derrotado por 1 a 0, gol de Bareiro. Com o resultado, estaciona em um ponto e vê a equipe paraguaia alcançar seis e disparar na liderança. Nesta quarta, jogam Universidad Católica e Rosario Central.


O retorno de Michel foi confirmado. Depois de se recuperar de uma lesão no tornozelo, o volante recuperou lugar ao lado de Maicon. Na frente, um trio com Marinho, Luan e Everton, com o aniversariante Felipe Vizeu. 


O Grêmio, que costuma massacrar seus adversários, sofreu nos primeiros 10 minutos. Malandro, o Libertad encurtava a marcação sobre os construtores do time gaúcho e arriscava nos contra-ataques. Quando podia, subia a marcação. Assim que quase abriu o placar. Cortez se atrapalhou com a bola do lado esquerdo, perdeu e viu Martínez cruzar nas costas de Geromel. Cardozo voou e, livre, arrematou de voleio por cima do travessão.


Só aos 14 minutos o Grêmio chutou pela primeira vez. Marinho fez jogada individual pela direita, conduziu para o meio e arriscou, para fora. 


O Libertad insistia em se defender com força e buscar contragolpes. O Grêmio tentava achar espaços onde não havia. Assim, as inversões de jogo eram a alternativa das duas equipes. Duas funcionaram, uma para cada time, mas os dois laterais-direitos, Piris pelos paraguaios e Leonardo pelos brasileiros, erraram seus cruzamentos já dentro da área.


Luan conseguiu aparecer só aos 28. Ele recebeu na frente da área, desvencilhou-se da marcação, driblou mais um adversário e, quase da meia lua, bateu. A bola voou e passou a poucos centímetros do travessão.


A situação desconfortável ficou clara quando Maicon, irritado com a marcação do Libertad, deixou o braço para acertar Bareiro. O capitão levou cartão amarelo. Com o congestionamento em cima de Luan e Everton, coube a Marinho assumir a responsabilidade ofensiva. Ele até teve sucesso, principalmente nos dribles, mas não havia espaço para progredir.


E quando o primeiro tempo parecia terminar, um intervalo de 30 segundos mudou tudo. Começou com Cortez. Ele tabelou com Maicon e recebeu na área. Ao chegar perto do zagueiro, caiu pedindo pênalti. O árbitro não marcou e o Libertad saiu para o contra-ataque. Martínez teve vantagem sobre Vizeu, que não cometeu falta. Ele abriu para a esquerda, onde Cardozo driblou Geromel e cruzou rasteiro. Bareiro concluiu de primeira, no contrapé de Paulo Victor: 1 a 0.


Renato deixou o campo irritado e nem perdeu tempo. Voltou do intervalo com André no lugar de Vizeu. 


No primeiro lance, mais um susto: Cardozo achou espaço e lançou Riveiro nas costas da defesa. Ele correu, entrou na área e bateu, mas o chute saiu fraco, Paulo Victor pegou.


Marinho era o mais elétrico. Foram dele os dois primeiros arremates, um de pé esquerdo, por cima, outro de cabeça, nas mãos de Martín Silva.


Sem perceber reação em seus comandados, Renato mexeu no time de novo. Jean Pyerre substituiu Maicon. Com o jovem meia, a ideia era dar mais criatividade ao setor.


Aos 22, a melhor chance para empatar. Cortez levou vantagem pela esquerda, cruzou. Houve um leve desvio, André se antecipou e cabeceou para fora. 


Logo a seguir, a última troca: Marinho, esgotado, saiu e entrou Diego Tardelli. Já no primeiro lance, Tardelli encontrou Everton, mas a conclusão foi por cima.


Com essa formação bastante ofensiva, o Grêmio dominou o Libertad na metade final do segundo tempo. Os paraguaios abandonaram qualquer tentativa de ataque e só se defenderam. Por isso, o time da casa nem sentiu a ausência de Michel, que sentiu dores nas pernas e ficou só fazendo número em campo.


O problema é que a pressão não se transformou em gol. E agora, com um ponto em dois jogos, precisará recuperar fora de casa os resultados e o desempenho do Gauchão que não chega à Libertadores.


Postado por Paulo Marques

Fonte: Gaúcha ZH
MAIS NOTÍCIAS


Rádio Colonial AM - 1460 Khz
Travessa Dr. Bruno Dockhorn, n°18
Centro - Três de Maio/RS
Cep: 98910-000
Fone/Fax: (55) 3535-1022

E-mails
· colonialam@gmail.com
· colonialouvinte@gmail.com (para ouvintes enviarem seus recados)
ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK