Outras plataformas:
27/02/2020 | 02:37:08

Inter vence por 1 a 0, elimina o Tolima e garante Gre-Nais inéditos na Libertadores


Guerrero marcou seu primeiro gol na Libertadores 2020 e garantiu a classificação do Inter - Silvio Avila / AFP

O Inter cumpriu seu primeiro grande objetivo do semestre. Na noite desta quarta-feira (26), o Colorado venceu o Tolima por 1 a 0 e garantiu classificação para a fase de grupos da Libertadores. Paolo Guerrero, aos 48 da etapa inicial, fez o gol da vitória da equipe de Eduardo Coudet, que atuou mais 30 minutos com um homem a menos pela expulsão de D’Alessandro no começo do segundo tempo.


Mais do que a continuidade na competição, a classificação colorada confirmou a realização dos primeiros Gre-Nais pela Libertadores. O Inter entrará no Grupo E, que tem Grêmio, América de Cali e Universidad Católica. Os chilenos serão adversários do time de Eduardo Coudet na abertura da chave, na próxima terça-feira, às 19h15min, no Beira-Rio. O primeiro Gre-Nal irá ocorrer na semana seguinte, em 12 de março, na Arena. O clássico com mando vermelho está marcado para a quarta rodada, em 8 de abril.


Desde os primeiros minutos da etapa inicial, a partida teve o Inter com a bola procurando atacar diante de um Tolima que marcava atrás e tratava de aproveitar cada oportunidade para fazer cera e esfriar o jogo. Logo a um minuto, Guerrero chutou de fora da área e Álvaro Montero fez a defesa. O peruano teve outras duas oportunidades na sequência. Na primeira, não conseguiu dominar no escanteio batido por D’Alessandro. Depois, cabeceou fraco para o goleiro colombiano pegar firme.


Após um início empolgante, o Inter foi caindo de ritmo. A equipe gaúcha parou de criar chances e viu o Tolima levar perigo em chutes de média distância. Foram três tentativas dessa forma. Na mais perigosa, aos 30, Rodríguez aproveitou a falta batida rápido e soltou a bomba. Lomba apareceu bem e fez uma bela defesa para mandar a bola para escanteio.


Diante da pouca criação do Inter, Eduardo Coudet decidiu mexer no time antes do intervalo. Aos 39, Lindoso, que havia sentido dores em uma jogada no começo da partida, foi sacado para a entrada de Marcos Guilherme, o que tornou Edenilson o meia central da equipe. Antes da mudança dar resultado, porém, a torcida colorada levou seu maior susto na primeira etapa. Aos 44, Estupiñan recebeu de Campaz na área e chutou na saída de Lomba, que conseguiu fazer a defesa e manter o 0 a 0.


Se a atuação coletiva não era a boa, chegou o momento de D’Alessandro brilhar. Já nos acréscimos, o camisa 10, que se tornou na noite de ontem o argentino com mais participações da Libertadores, tirou da cartola uma jogada típica dos seus melhores momentos. Ele recebeu de Marcos Guilherme na área, entortou o lateral-esquerdo Banguero e cruzou para Guerrero, que só teve o trabalho de empurrar para as redes: 1 a 0.


Com a vantagem, era esperado que o Inter tivesse um segundo tempo mais tranquilo, mas não foi o que se viu no Beira-Rio. O Tolima mudou sua postura e passou a buscar o ataque. Aos 9, Campaz chutou de fora da área e mandou perto do gol de Lomba.


A situação colorada ficou mais delicada aos 15 minutos. D’Alessandro, que havia levado amarelo um pouco antes por puxar um adversário, deu entrada forte em Robles e recebeu o segundo cartão, sendo expulso e deixando o Colorado com 10 homens.


Com um jogador a mais, o técnico Hernán Torres queimou as suas três trocas na sequência com entradas de atacantes: Albornoz, Ramos e Miranda nos lugares de Ríos, Rodríguez e Estupiñan. As alterações, no entanto, não surtiram efeito esperado pelo treinador colombiano e o Tolima quase não levou perigo ao gol de Lomba. Coudet ainda mandou a campo o garoto Johnny nos minutos finais para ajudar a segura o resultado que garantiu o Inter na fase de grupos da Libertadores.


LIBERTADORES — 3ª fase preliminar


INTER (1)


Marcelo Lomba; Rodinei (Moledo, 47'/2ºT), Bruno Fuchs, Cuesta e Uendel; Musto; Edenilson, Lindoso (Marcos Guilherme, 39'/1º), Boschilia (Johnny, 41'/2ºT); D'Alessandro e Guerrero


Técnico: Eduardo Coudet


TOLIMA (0)


Álvaro Montero; Castrillón, Jose Moya, Quiñones e Banguero; David Ríos (Albornoz, 19'/2º), Robles, Gordillo; Campaz, Estupiñan (Miranda, 26'/2º); Francisco Rodríguez (Ramos, 23'/2º)


Técnico: Hernán Torres


GOLS: Guerrero (I), aos 48 do primeiro tempo


CARTÕES AMARELOS: Rodinei e Marcos Guilherme (I); Quiñones, Banguero (T)


CARTÃO VERMELHO: D'Alessandro (I)


PÚBLICO: 35.117 (32.342 pagantes)


RENDA: R$ 1.452.590,00


ARBITRAGEM: Guillermo Guerrero, auxiliado por Christian Lescano e Ricardo Baren (trio equatoriano)


VAR: Luis Quiroz-EQU


LOCAL: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)


Próximo jogo


Caxias x Inter


Sábado — 29/2, às 19h


Gauchão — Estádio Centenário


Postado por Paulo Marques

Fonte: Ga
MAIS NOTÍCIAS


Rádio Colonial AM - 1460 Khz
Travessa Dr. Bruno Dockhorn, n°18
Centro - Três de Maio/RS
Cep: 98910-000
Fone/Fax: (55) 3535-1022

E-mails
· colonialam@gmail.com
· colonialouvinte@gmail.com (para ouvintes enviarem seus recados)
ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK