Horário sem programação!

Polícia

Motorista de veículo envolvido em acidente em Santo Ângelo é indiciado por triplo homicídio

  • 29/01/2017 - 15:53
Motorista de veículo envolvido em acidente em Santo Ângelo é indiciado por triplo homicídio
Foto: Brigada Militar / Divulgação
O motorista de 20 anos que estava em um Astra onde morreram três jovens foi indiciado por triplo homicídio, além de lesão leve e grave. O acidente ocorreu na sexta-feira, dia 13 de janeiro, no prolongamento da Av. Rio Grande do Sul, logo após a esquina com a Av. Venâncio Aires.
Os jovens que morreram neste acidente foram Fernanda Leobelt Borges, 16 anos, Larissa Dutra Tasch, 17 anos e William de Lima Fabrim, 19 anos foram os jovens que morreram após terem pego uma carona no Astra que era conduzido por um jovem de 20 anos.
O motorista teve ferimentos leves, foi encaminhado ao Hospital Santo Ângelo, e logo após foi encaminhado para o Presídio Regional de Santo Ângelo, onde permaneceu até a sexta-feira, dia 20.
No veículo além do motorista, das três vítimas fatais estavam mais três jovens, que ficaram hospitalizados mas já se recuperam, são eles Paulo Kic Ricardo Nascimento 19 anos, Maria Eduarda Santos Bueno, 16 anos, e Andressa Dutra Tasch, 16 anos.
O delegado Marcos Viafore que conduziu o flagrante no dia do acidente disse que logo que foi comunicado do fato ele e sua equipe compareceram no local e perceberam que no veículo Astra estavam sete pessoas, uma lotação acima do permitido, que é de cinco pessoas.
O delegado também informou que os Policiais Militares quando chegaram ao local, antes da Polícia Civil, perceberam que o motorista estava com sinais de embriaguez, como andar cambaleando, hálito etílico entre outras.
A conclusão do Inquérito Policial, ficou a cargo da delegada Josiane Froelich, que é titular da Delegacia de Giruá, mas está respondendo pela Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) nas férias da Delegada Luciana da Cunha. A Delegada Josiane Froelich relatou em entrevista na manhã desta sexta-feira no Programa Rádio Visão da Rádio Santo Ângelo que o inquérito foi remetido na segunda-feira, dia 23.
Segundo a delegada sua equipe de policiais conseguiram provas robustas que levam a concluir o inquérito com o indiciamento do motorista em triplo homicídio com base no código penal no artigo 121, com pena de 6 até 20 anos e não por homicídio no trânsito que tem uma pena mais branda.
Ele também foi indiciado por lesão corporal Lee que possui pena de detenção de 3 meses até 1 ano de prisão e lesão corporal grave que possui pena de reclusão de 2 a 8 anos. 
Postado por Paulo Marques
Fonte: R