Horário sem programação!

Polícia

Rebelião deixa dois mortos no Presídio Estadual de Sarandi

  • 02/02/2017 - 07:45
Rebelião deixa dois mortos no Presídio Estadual de Sarandi
Rebelião foi controlada depois de mais de três horas, com dois detentos mortos (Foto: Vera Lucia Rebonatto / Jornal A Região)
Uma rebelião no começo da manhã desta quinta-feira no Presídio Estadual de Sarandi, no Norte do Estado, deixou dois detentos mortos no local. As identificações deles ainda não foram divulgadas pela direção do presídio. A confusão iniciou por volta das 7h e, com a entrada da Brigada Militar local, apoiada pelo Batalhão de Operações Especiais (BOE), de Passo Fundo, a situação foi controlada pouco antes das 11h.  
— Foi um conflito entre presos, envolvendo um grupo bem localizado de uns oito detentos — explica o capitão William Ragnini, que comanda o 38º Batalhão de Polícia Militar, de Sarandi.
De acordo com a administradora do presídio, Rosângela Martins de Aguiar, o conflito não teve qualquer relação com facções criminosas.
O juiz e o promotor da Vara de Execuções da região negociaram com os presos, que chegaram a manter três detentos como reféns por cerca de duas horas. Mais cedo, os Bombeiros controlaram um incêndio no local provocado por colchões queimados. 
Depois da intervenção e controle da confusão, os policiais militares e agentes da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) iniciaram uma revista pelo presídio para averiguar possíveis estragos estruturais e a presença de armamentos. Foram apreendidos pelo menos dez estoques — facas artesanais — entre as celas.
Ainda não foi esclarecida a forma como os dois detentos foram mortos. O Presídio Estadual de Sarandi tem atualmente 223 presos em um local com capacidade para 69 detentos. 
Postado por Paulo Marques
Fonte: Zero Hora