Ouça agora

MANHÃ SHOW

com ELISIANE LUDWIG

Saúde

Campanha de vacinação contra a gripe iniciou nesta quarta-feira

  • 10/04/2019 - 13:50
Campanha de vacinação contra a gripe iniciou nesta quarta-feira

Com a proximidade da estação mais fria do ano também é chegado o momento de se prevenir contra a gripe. Inicia hoje, 10 de abril, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza que se estenderá até dia 31 de maio.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

Em Três de Maio a campanha será realizada em 3 etapas:

·         De 10 e 19 de abril a campanha será voltada somente para gestantes e crianças (estas últimas com idade entre seis meses e cinco anos, 11 meses e 29 dias).

·         Posteriormente, de 22 de abril até 31 de maio, a imunização estará disponível também para cidadãos com 60 anos ou mais, puérperas até 45 dias após o parto, profissionais da área da saúde e demais grupos prioritários;

·         Dia D: 4 de maio, sábado, com vacinação também nas outras unidades de saúde do município (das 8h às 17h naquelas da área urbana e das 8h às 15h em unidades do interior);

A imunização contra a gripe estará disponível apenas na Unidade Central de Saúde (situada na Rua Casemiro Korchewicz), de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h e das 13h às 16h30min. A aplicação das vacinas ocorrerá em outras unidades de saúde somente no Dia D, que será dia 4 de maio, das 8h às 17h na área urbana e das 8h às 15h em unidades do interior.

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica e Imunizações que coordena a campanha, Sandra Dummel, a meta é vacinar 90% do público prioritário. “Queremos vacinar o maior número possível de pessoas para evitar a disseminação da influenza nos grupos prioritários, que são os mais suscetíveis a complicações”.

A enfermeira frisa que ainda não há orientação sobre abertura da imunização ao público em geral, “a campanha vai de 10 de abril a 31 de maio para os grupos prioritários. Após esta data, aguardaremos orientações para liberação à população em geral”.

 
PPostado por Paulo Marques

 

Fonte: Caroline Cassel/Cordenador