Ouça agora

CONEXÃO 94,7

com MAGLIA MAICÁ

Educação

Ex-reitor da Unisinos, padre Aloysio Bohnen morre aos 83 anos

  • 19/04/2020 - 13:33
  • Atualizado 19/04/2020 - 23:42
Ex-reitor da Unisinos, padre Aloysio Bohnen morre aos 83 anos
Reprodução/Facebook/Unisinos

Reitor da Unisinos por 20 anos, padre Aloysio Bohnen faleceu na manhã deste sábado (18), aos 83 anos de idade, em São Leopoldo. A causa da morte não foi divulgada pela Universidade. O rito fúnebre ocorre na manhã deste domingo. Devido à pandemia, o velório e o sepultamento são restritos aos familiares e colegas jesuítas do Instituto São José (Casa de Saúde), onde ele residia atualmente.

Natural de Três de Maio, padre Aloysio Bohnen foi Reitor da Universidade por cinco gestões consecutivas, entre 1986 e 2005. Além disso, ocupou o cargo de vice-reitor da Universidade de janeiro de 2006 a novembro de 2007. Na Universidade, o padre também atuou como coordenador do curso de Formação Teológica; coordenador geral de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão; foi curador do Memorial Jesuíta e diretor do Instituto Anchietano de Pesquisas da Unisinos e diretor da Biblioteca. Na comunidade, liderou organizações associativas como o Consinos, o Movimento Viva São Leopoldo e o Instituto 2024.

Em nota, a comunidade jesuíta e a Unisinos lamentaram o falecimento de Bohnen. Uma missa póstuma será realizada, mas a data não foi definida. 

A prefeitura de São Leopoldo também manifestou, em nota, condolências aos familiares e amigos do ex-reitor. “É um dia triste para a cidade de São Leopoldo que perdeu um de seus cidadãos que tanto se dedicou à educação, ao desenvolvimento social e que se preocupava com o futuro de nosso município. Uma perda lastimável. Nossos sinceros sentimentos aos familiares, amigos e irmãos de congregação”, diz o texto.

Fonte: Com informações do site do jornal NH