Ouça agora

SÁBADO EM FESTA

com JEVERSON MARTINS

Regional

Prefeito de Três Passos conta com colaboração de moradores para enfrentar corona e dengue

  • 14/05/2020 - 11:11
  • Atualizado 14/05/2020 - 12:43
Prefeito de Três Passos conta com colaboração de moradores para enfrentar corona e dengue

A cidade de Três Passos está combatendo duas epidemias ao mesmo tempo. Segundo o último boletim epidemiológico da secretaria municipal da Saúde, o município da Região Celeiro tem 37 casos confirmados de covid-19 e 411 de dengue.

Em relação ao novo coronavírus, em torno de 500 moradores, que tiveram contato com pessoas infectadas, tiveram que fazer o isolamento domiciliar obrigatório. O objetivo desta ação foi estancar a corrente de transmissão da doença na cidade. O novo coronavírus foi disseminado em Três Passos a partir de dois focos: uma pessoa se contaminou ao viajar para a cidade de Estrela e a outra foi infectada em viagem realizada ao estado do Paraná.

Em entrevista à Colonial, o prefeito José Carlos Amaral destacou o Plano de Contingência desenvolvido no município para reduzir o número de casos tanto de corona como de dengue. Conforme o gestor público, Três Passos conta desde fevereiro com a chamada Unidade Sentinela, que atende exclusivamente pacientes com sintomas de doenças respiratórias. As pessoas com tosse, febre, dor de garganta ou qualquer outro sintoma respiratório não precisam ir à unidade básica de saúde do seu bairro, mas sim procurar diretamente a estrutura, que tem profissionais médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e profissionais do setor administrativo, para atender os casos e está devidamente equipada para tratar essas doenças. Neste período, já foram realizados 2.230 atendimentos.

Amaral destaca que apesar do número expressivo de casos de coronavírus, o município não teve até o momento nenhuma morte causada pela doença. Além disso, 13 pessoas diagnosticadas com a covid-19 já estão recuperadas.

O prefeito afirmou ainda que, apesar dos esforços do Poder Público, as duas doenças serão superadas somente com a colaboração de todos os moradores, com a doação de medidas simples de higiene e limpeza, como uso de máscaras e higienização das mãos, além de evitar água parada.

- O poder público precisa ser transparente com a comunidade e nós temos procurado explicar a situação que o nosso município se encontra, porque nas duas situações são necessárias a colaboração dos moradores – afirma Amaral.

De acordo com o plano de distanciamento controlado desenhado para enfrentar a pandemia de covid-19 no Rio Grande do Sul, a região de Três Passos se encontra no momento sob a cor laranja, que indica risco médio. Isso implica limitações ao que pode abrir em cada grande setor econômico (que se subdivide em dezenas de atividades com regras próprias) e ao percentual máximo de funcionários que pode trabalhar.

Fonte: Redação