Ouça agora

CONEXÃO 94,7

com MAGLIA MAICÁ

Geral

Prefeitura atualiza Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

  • 10/07/2020 - 12:53
  • Atualizado 10/07/2020 - 12:54
Prefeitura atualiza Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos
Cíntia Klatt/Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Três de Maio
Rádio Colonial FM 94,7 · ELIANDRO STROSSI

A preocupação com o meio ambiente está cada vez mais presente nas discussões e no cotidiano da sociedade. Grande parte dos problemas ambientais é gerada pelos impactos negativos ocasionados pela geração de resíduos sólidos, e sua posterior disposição inadequada, que podem contaminar o ar, o solo e as águas superficiais e subterrâneas.

Pensando no descarte correto de resíduos produzidos pelas pessoas e empresas, o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos (PGRS) descreve as ações relativas ao manejo correto dos resíduos sólidos. Nele está descrito suas características e riscos, contemplando os aspectos referentes à geração, segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final.

O documento tem como objetivo minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente visando a proteção à saúde pública e ambiental.

A Prefeitura de Três de Maio deu início no dia 29 de junho a revisão do atual plano, que está em vigor há quatro anos, com a apresentação da proposta de plano de trabalho da empresa NR9 de Horizontina. Estiveram presentes ao evento o prefeito, Altair Copatti, a vice-prefeita, Eliane Fischer, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Sergio Tratsch e integrantes do comitê gestor.

O plano de trabalho tem como objetivo subsidiar a atualização do documento na implementação e operação de ações de melhoria dos serviços de manejo de resíduos sólidos e de limpeza urbana, especialmente no tratamento desses resíduos e na disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

Conforme o Termo de Referência proposto o trabalho será desenvolvido com cinco etapas. As próximas são o diagnóstico dos serviços de manejo de resíduos sólidos e de limpeza urbana e proposições para a melhoria dos serviços de manejo de resíduos sólidos e de limpeza urbana.

Na sequência ocorre a elaboração das versões preliminares do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) e da Minuta da Política Municipal de Resíduos Sólidos (PLMRS).

E, por fim, será elaborada a versão final do Plano e da Minuta.

De acordo com o licenciador ambiental da Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, Eliandro Strossi, durante o processo de atualizado do plano, que deve levar até 90 dias serão avaliadas as ações e metas e apresentadas novas ações e metas.

Entre as novidades propostas estão o incentivo a ações de educação ambiental na indústria, comércio e prestação de serviços, a criação de um cadastro dos geradores de resíduos, criar uma terceira fração na coleta seletiva do lixo, dos atuais orgânico e seco para orgânico, seco e rejeitos.

- Na verdade, atualmente o lixo ôrganico vai diretamente para o aterro sanitário, não é feito nenhuma reciclagem. Então, criando mais uma fração, vamos definir que o orgânico para ser transformado em adubo, o seco e o rejeito, que é aquele que não pode ser reaproveitado. Será uma evolução - explica Strossi.

Além disso, o Município deverá buscar novas fontes de energia através dos resíduos sólidos, intensificar o apoio a novos negócios no setor de reciclagem e produções de energia através dos resíduos sólidos e desenvolver uma cooperativa de reciclagem.

Fonte: Redação