Ouça agora

MANHÃ SHOW

com ELISIANE LUDWIG

Regional

Prefeitos da região decidem manter proibição de jogos que provocam aglomerações

  • 30/07/2020 - 13:58
  • Atualizado 30/07/2020 - 14:08
Prefeitos da região decidem manter proibição de jogos que provocam aglomerações
Reprodução/Internet

Reunidos em videoconferência os prefeitos que integram a Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste (Amufron) decidiram manter a proibição de atividades esportivas e recreativas coletivas em ambientes fechados e ar livre. A medida vale por mais duas semanas nos 20 municípios da região e engloba todos os tipos de jogos que provoquem aglomerações como futebol, futsal, vôlei bocha, 48, carta, sinuca e de cartas em geral.

Conforme o presidente da entidade e prefeito de Boa Vista do Buricá, Vili Horbach, a decisão, amparada em protocolo regional, foi tomada diante do aumento dos casos de Covid-19 em várias cidades da região.

O objetivo é desacelerar a velocidade do contágio visto que nas duas últimas semanas a curva de novas infecções subiu de maneira acentuada nestas localidades. Como estamos no inverno, época em que as complicações respiratórias tendem a levar mais gente a buscar atendimento hospitalar, os gestores municipais temem que mais pacientes necessitem de hospitalização ao mesmo tempo, colapsando a rede hospitalar da região, especialmente a Unidade de Referência Dom Bosco em Santa Rosa.

Nesta quinta-feira (30) nos 14 hospitais da região, a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 72.2%.

Fonte: Redação