Ouça agora

ALVORADA MUSICAL

com PAULO MARQUES

Agricultura

Sicredi Noroeste RS já liberou quase R$ 200 milhões do Plano Safra 2020/2021

  • 06/10/2020 - 09:43
Sicredi Noroeste RS já liberou quase R$ 200 milhões do Plano Safra 2020/2021
Reprodução/Internet

O Plano Safra 2020/2021 iniciou na Sicredi Noroeste RS em julho e, até o fechamento do mês de setembro, foram liberados R$183 milhões aos associados.

Para custeio de lavoura foram atendidos 2.730 cooperados em 3.056 operações e liberados R$163 milhões. Para operações de Investimento linhas BNDES, foram liberados 300 projetos de longo prazo com um montante liberado de R$20 milhões.

Segundo a cooperativa de crédito, o custeio se refere a recursos disponibilizados ao crédito rural para as operações para a implantação da lavoura, investimento e comercialização. O custeio é uma das finalidades do crédito rural e destinado a cobrir as despesas normais dos ciclos produtivos das atividades agrícola ou pecuária, tais como plantio de lavoura e formação de pastagens.

A comercialização engloba despesas posteriores ao cultivo e produção, como transporte, beneficiamento e armazenamento dos produtos para venda futura. Os recursos para investimento podem ser usados na construção de silos, compra de maquinário, implementação de lavoura permanente, projeto de recuperação de pastagens e aquisição de rebanho.

A Sicredi Noroeste RS continua recebendo propostas de financiamento para o Plano Safra 2020/2021, que vai até o final de junho de 2021.

Antes de solicitar o crédito, o produtor rural associado deve fazer o planejamento da próxima safra, considerando o que vai plantar, qual é a área de cultivo e o orçamento necessário com base na análise de solo e sob orientação técnica quanto ao uso dos insumos e os demais serviços que serão utilizados. Munido dessas informações, o associado deve procurar a sua agência Sicredi para dar andamento à proposta e liberação do crédito.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sicredi Noroeste RS