Ouça agora

REDE GAÚCHA SAT

Esportes

Com gols de Luiz Fernando e David Braz, Grêmio vence o Coritiba na Arena

Equipe de Renato Portaluppi chegou a 17 pontos e se distanciou da parte de baixo da tabela

  • 07/10/2020 - 21:26
Com gols de Luiz Fernando e David Braz, Grêmio vence o Coritiba na Arena
André Ávila / Agencia RBS

O Grêmio deu um primeiro passo para cumprir a promessa de Renato Portaluppi de decolar no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (7), o Tricolor contou com um início de jogo avassalador para vencer o Coritiba por 2 a 1, na Arena. Luiz Fernando e David Braz marcaram no primeiro tempo enquanto Nathan Silva descontou na etapa final. 

Com a vitória, o Grêmio chega a 17 pontos e abre cinco da zona de rebaixamento. O Tricolor voltará a campo no domingo, às 16h, para enfrentar o Santos na Vila Belmiro.

O Grêmio entrou no gramado da Arena para enfrentar o Coritiba com novidades. Além de Diogo Barbosa e Luiz Fernando nos lugares do suspenso Cortez e do preservado Alisson, respectivamente, Renato Portaluppi promoveu as entradas de Victor Ferraz e Robinho no time. A presença do meia fez o esquema tático da equipe voltar para o 4-2-3-1. 

Não demorou muito para as novas peças de Renato darem resultado. Em uma jogada que envolveu três das novidades da equipe, o Grêmio chegou ao gol logo aos 3 minutos. Robinho abriu a bola para Diogo Barbosa, que cruzou na medida para Luiz Fernando cabecear sem chances para Wilson e abrir o placar na Arena.

O Grêmio manteve o ritmo ofensivo e seguiu pressionando. Diego Souza mostrava muita disposição saindo bastante da área para receber a bola e contava com a aproximação dos companheiros. Aos 10, ele recebeu de Luiz Fernando, mas foi travado na hora da finalização e a bola saiu pela linha de fundo. Após a cobrança do escanteio, Pepê chutou desviado no rebote e a bola caiu nos pés de David Braz. Completamente livre, o zagueiro mandou para as redes para ampliar o marcador: 2 a 0.

Em situação delicada na tabela, o Coritiba precisava buscar, pelo menos, o empate e tentou reagir. Antes dos 20 minutos, o técnico Jorginho chamou o meia Giovanni Augusto para o lugar de Guilherme Biro. Com o Grêmio claramente diminuindo o ritmo, o Coxa conseguiu equilibrar as ações.

A equipe visitante chegou a balanças as redes aos 32 minutos com Robson, mas o lance foi anulado por impedimento após interferência do VAR. A jogada foi uma rara ameaça ao Grêmio, que manteve o controle mesmo tendo menos a posse da bola. Bastava o Tricolor acelerar um pouco o ritmo que levava perigo. 

Com Matheus Henrique acionando os laterais, o time gaúcho levou perigo em duas oportunidades antes do intervalo. Na primeira, Diogo Barbosa cruzou um pouco acima de Diego Souza. Depois, Victor Ferraz tentou o chute cruzado e Wilson espalmou. O Coritiba voltou com duas mudanças para a segunda etapa. O ex-colorado Neilton e o volante Nathan Silva foram as tentativas de Jorginho de aumentar o poderio criativo do time. No Tricolor, Renato optou por manter a mesma equipe.

Diferente da postura adotada após o segundo gol na primeira etapa, o Grêmio passou a ter mais a bola no segundo tempo. O time, porém, era pouco agressivo e usava a posse apenas para administrar o jogo. 

Aos 19, Renato decidiu fazer três mudanças na equipe. Maicon, Thaciano e Guilherme Azevedo entraram nas vagas de Lucas  Silva, Robinho e Luiz Fernando. Em sua primeira participação, Maicon deu um passe perfeito para Diogo Barbosa às costas da defesa. O lateral cruzou e Pepê chutou por cima do gol. 

A pouca ambição do Grêmio para buscar o terceiro gol foi castigada aos 26 minutos. Nathan Silva aproveitou uma saída de errada de Vanderlei em escanteio e mandou para as redes para descontar.

O gol do Coxa ligou alerta para o Grêmio, que precisou acelerar para evitar o risco do empate. Renato ainda mandou Isaque a campo no lugar de Diego Souza para ganhar velocidade na frente. Apesar do susto, o Tricolor conseguiu manter a vantagem para confirmar a sua segunda vitória na Arena no Brasileirão.

Fonte: GZH