Ouça agora

MANHÃ SHOW

com ELISIANE LUDWIG

Esportes

Grêmio vence o Juventude na Arena e larga em vantagem na Copa do Brasil

Tricolor precisa de um empate, na próxima quinta-feira, em Caxias do Sul, para avançar às quartas de final

  • 30/10/2020 - 06:49
Grêmio vence o Juventude na Arena e larga em vantagem na Copa do Brasil
Isadora Neumann / Agencia RBS

O Grêmio não fez uma atuação de encher os olhos, mas cumpriu o objetivo de abrir vantagem no confronto de oitavas de final da Copa do Brasil contra o Juventude, na noite desta quinta-feira (29). O Tricolor contou com um gol de Isaque aos oito minutos do primeiro tempo para conquistar a vitória por 1 a 0, na Arena.
Com o resultado, a equipe de Renato Portaluppi terá a possibilidade de jogar pelo empate no confronto de volta, no Alfredo Jaconi, na próxima quinta-feira. Vitória do Juventude por um gol levará a decisão para os pênaltis. O time da Serra só avançará nos 90 minutos se vencer por, pelo menos, dois gols de diferença.  
Recuperado de covid-19, o volante Matheus Henrique foi a surpresa na escalação de Renato Portaluppi para a estreia na Copa do Brasil diante do Juventude. No ataque, o treinador gremista apostou nos garotos Ferreira e Isaque para acompanhar Pepê e Diego Souza. 

O Grêmio iniciou o jogo empurrando o Juventude para o seu campo. Com os dois laterais bastante avançados e os garotos se mexendo por trás de Diego Souza, o Tricolor mostrou uma postura ofensivo nos primeiros minutos. 

Mas não foi pressionando que o time de Renato chegou ao gol. Aos 8, o Juventude fez seu primeiro ataque e se desorganizou defensivamente. Matheus Henrique conduziu para sair da pressão inicial e tocou para Isaque, que invadiu o campo de ataque, tabelou com Pepê e apareceu na área para bater na saída do goleiro Marcelo Carné abrindo o placar na Arena: 1 a 0.

Em vantagem, o Grêmio mudou sua postura e abriu mão da posse de bola. Apostando na velocidade do trio Ferreira, Isaque e Pepê, o Tricolor deu campo para o Juventude de olho no contra-ataque. 

Diante dessa estratégia gremista, o time da Serra levou perigo aos 19 minutos. Breno Lopes fez uma bela jogada e a bola chegou até Dalberto, que acertou a rede pelo lado de fora. Logo depois, Breno, em um lance individual, chutou por cima e Vanderlei fez a defesa.

Depois dos sustos, o Grêmio conseguiu acertar a marcação e o Alviverde praticamente não ameaçou mais apesar de ter tido uma maior posse de bola até o intervalo. 

No lado gremista, Ferreira e Pepê faziam boas jogadas, mas pecavam na conclusão. Aos 33, Pepê fez um carnaval na defesa do Juventude e teve o chute travado pelo zagueiro Nery Bareiro. Na sequência, Ferreira deixou Eltinho para trás e o goleiro Macelo Carné conseguiu sair rápido para abafar o chute e impedir o segundo gol gremista. O primeiro tempo terminou em 1 a 0 com Renato Portaluppi indo para o vestiário com cara de poucos amigos. 
Apesar da irritação demonstrada ao final da etapa inicial, Renato não fez nenhuma troca na volta para o segundo tempo. A mudança de postura do Grêmio, porém, foi clara. A equipe repetiu a estratégia do início do jogo e retornou do intervalo pressionando o Juventude. 

A iniciativa, no entanto, não se transformou em gol e, aos poucos, o Grêmio foi diminuindo o ímpeto ofensivo. Renato então começou a mexer na equipe. Aos 25 minutos, Jean Pyerre e Thaciano entraram nos lugares dos garotos Ferreira e Isaque. Pintado também tentou mudar o cenário no Juventude com Rafael Silva e Gabriel Bispo nas vagas de Renato Cajá e Dalberto.

O jogo seguiu com poucas situações do gol e quem teve a grande oportunidade foram os visitantes. Aos 35, Lucas Silva foi desarmado e Juventude pegou a defesa gremista desarrumada. Breno Lopes teve a chance dentro da área, mas acabou chutando por cima com o gol completamente aberto a sua frente. O Grêmio se livrou do susto e confirmou a vitória de 1 a 0 com a vantagem para o jogo no Alfredo Jaconi.

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH