Ouça agora

ESTAÇÃO 94,7

com JEFERSON PERCOSKI

Agricultura

Ministra da Agricultura recebe demandas de entidades do setor agropecuário

  • 24/11/2020 - 09:53
Ministra da Agricultura recebe demandas de entidades do setor agropecuário
Reprodução

O Ministério da Agricultura anunciou ontem (23/11) que irá liberar via Programa de Vendas em Balcão (PRoVB), da Conab, cerca de 5 mil toneladas de milho para a região de Santa Rosa, uma das que mais sofre com a estiagem.

Esta foi a primeira resposta concreta dada pela ministra Tereza Cristina após receber a pauta da Fetag, Farsul, Fecoagro, Emater e Famurs com reivindicações para auxiliar os produtores que tiveram perdas totais nas lavouras implantadas em agosto, setembro e outubro.

No documento, as entidades solicitaram agilidade na emissão do Relatório de Comprovação de Perdas do Seguro Agrícola ao agente financeiro, permitindo a implantação de outra cultura na mesma gleba, criação de linha crédito para custeio de milho emergencial, sem impacto no risco bancário e no limite de crédito para que seja possível implantar outro empreendimento e o aumento do limite de consumo para bovino de leite de 60 kg/mês para 120 kg/mês no programa ProVB da Conab.

As entidades também querem a implementação do auxílio emergencial para os agricultores familiares, demanda encaminhada logo no início da pandemia, mas que foi negada pelo Governo Federal.

Na próxima semana, em outra reunião com a ministra, será apresentado um levantamento prévio da área em que há necessidade de replantio de milho. Pela estimativa da Fetag, cerca de 40% dos 240 mil hectares financiados pelo Pronaf na Safra 2020/2021 foram comprometidos pela seca.

Sobre a possibilidade de novo financiamento para replantio de áreas a ministra adiantou que é muito difícil mudar o Manual de Crédito Rural e as regras do Banco Central.

Fonte: Redação