Ouça agora

EXPRESSO 94

com ELISIANE LUDWIG

Economia

Visionário e transformador: Noroeste Summit conecta região ao ecossistema da inovação

Visionário e transformador: Noroeste Summit conecta região ao ecossistema da inovação
  • 29/10/2023 - 15:00
  • Atualizado 29/10/2023 - 18:40

O Noroeste Summit realizado nos dias 25 e 26 de outubro, no Parque de Exposições Germano Dockhorn, é um acontecimento capaz de ser lembrado como uma espécie de marco do ambiente da inovação regional. A imersão possibilitou aos participantes a conexão direta com mentes criativas de renome nacional em torno das mais diversas ideias, iniciativas e processos promovidos pelo ecossistema voltado a criar novas soluções.

De acordo com os organizadores, em torno de 800 pessoas de 29 cidades das mais diversas áreas participaram do Noroeste Summit em busca de desenvolvimento pessoal e profissional. Na Arena Cresol palestrantes renomados compartilharam suas ideias e experiências, trazendo seus cases inovadores e instigando a criatividade dos participantes em buscar sempre fazer diferente.

Uma das atrações mais marcantes do evento foi a presença de 30 startups que apresentaram seus projetos de inovação, tecnologia e educação. Essas empresas demonstraram como a tecnologia, aliada a criatividade, pode ser aplicada em qualquer segmento. Já a feira de inovação contou com 20 expositores.

Conforme Iana Fürst, da Viu Comunicação, já em sua primeira edição o Noroeste Summit se tornou o maior evento do gênero do interior do Rio Grande do Sul.

- Um palestrante disse aqui que o Nororeste Summit não prometeu nada e entregou tudo. No início pensamos em fazer, de fato, um evento menor, para ser um ponto de partida. Porém, a gente arrisca a dizer que ele é um dos quatro maiores do Estado. Do interior do Rio Grande do Sul, com certeza, já é o maior. Ver o brilho nos olhos das pessoas e perceber as transformações que estão acontecendo na vida dos participantes não tem preço – celebra.

Segundo Iana, ainda não é possível divulgar o valor das novas oportunidades de negócios geradas durante o evento, mas ela estima que a cifra bateu os sete dígitos.

- Startups foram descobertas por investidores de fora – afirma.

Iana garante que o evento não se limitou ao parque de exposições, mas envolveu toda a região, pois movimentou hotéis e restaurantes, não só de Três de Maio, mas também de Santa Rosa, Boa Vista do Buricá, entre outras cidades.

Já Luana Martins Kist destaca que a partir do Noroeste Summit não é mais preciso se deslocar a Porto Alegre e Gramado, por exemplo, para participar de um evento de inovação, pois vieram a Três de Maio palestrantes de renome nacional. E uma surpresa incrível: nenhum dos speacker's cobrou cachê, pois entenderam o desafio de se realizar o evento em uma região que fica distante dos grandes centros.

O prefeito Marcos Corso, juntamente com a Iana, anunciou que a segunda edição do Noroeste Summit será realizada nos dias 16 e 17 de agosto, novamente, em Três de Maio.

A expectativa, segundo Iana, é melhorar ainda mais o evento.

- Pensamos em diversas melhorias porque queremos a cada ano fazer um evento maior e melhor. Pensamos em melhorar a acústica, em instalar mais um palco que funcione full-time e temos que pensar no calor. Um dos pontos que diferencia o Noroeste Summit é justamente a qualidade da experiência de quem está aqui. Não é apenas dizer eu fui. É, eu fui e me desenvolvi. É uma experiência completa e a cada ano queremos melhorar essa experiência – adianta.

Fica a certeza que a inovação é um caminho, sem retorno, que todos os setores da economia já começaram a percorrer, inclusive os mais tradicionais como a indústria e o agro. A inovação será cada vez mais um novo vetor do desenvolvimento da cidade e da região, com o surgimento de mais startups, mais oportunidades, retenção de cérebros e crescimento econômico para melhorar a qualidade de vida.

Por Alexandre de Souza