Ouça agora

SABADÃO

com JEFERSON PERCOSKI

Esportes

Grêmio vence a quinta seguida e garante a permanência como líder do Gauchão

Após um primeiro tempo sem gols, Tricolor fez 2 a 0 no Novo Hamburgo na etapa final

Grêmio vence a quinta seguida e garante a permanência como líder do Gauchão
JP Galvão e André Henrique marcaram os gols do Grêmio. Camila Hermes / Agencia RBS
  • 07/02/2024 - 05:18

Depois de alguns dias de instabilidade, o Grêmio voltou a casar desempenho e resultado. Após dois tempos de bom futebol, o Tricolor chegou à quinta vitória consecutiva ao bater o Novo Hamburgo por 2 a 0 na Arena nesta terça-feira (6), pela sexta rodada do Gauchão. Além do resultado manter a equipe na liderança da competição com 15 pontos em seis rodadas, o triunfo também encaminha classificação para as quartas de final do Estadual. O ponto negativo foi a lesão sofrida por Nathan Fernandes, que precisou deixar o campo direto para o vestiário devido a dores no tornozelo direito.

Renato confirmou o retorno da força máxima ao Grêmio, incluindo a dupla Geromel e Kannemann. O argentino tinha atuado apenas na vitória sobre o São José, dia 24 de janeiro. Em relação ao time que bateu o Avenida na última rodada. Marchesín, Fabio e Pepê também retornaram para a equipe titular.

Apenas aos 13 minutos de jogo que o Grêmio acordou sua torcida na Arena. Pepê recuperou a bola na intermediária e arriscou o chute de fora da área. Maticoli fez a defesa em dois tempos, mas o lance animou o público. O barulho que começou a ecoar pelas arquibancadas contagiou os jogadores do Tricolor, que aceleraram o ritmo dentro de campo e começaram a criar uma série de oportunidades. 

Personagem do primeiro tempo, o goleiro do Novo Hamburgo fez intervenção providencial aos 25minutos. O lançamento para Nathan Fernandes passou por Marcão, só que o atacante gremista tentou driblar Maticoli e não conseguiu.

A blitz gremista rendeu uma oportunidade para Geromel quase na marca do pênalti, mas o chute de pé esquerdo do defensor saiu ao lado do gol. O que parou o ímpeto do Grêmio por alguns instantes foi uma lesão em Fabio. O lateral bateu a cabeça em um adversário ao tentar um cabeceio. Visivelmente desorientado, e com um sangramento na testa, o jogador caiu no gramado e recebeu o atendimento. João Pedro entrou em seu lugar. O Noia também perdeu dois atletas por lesão no primeiro tempo: Islan e Patrick deram lugar a Santiago e Christian. As paradas tiraram um pouco da velocidade por jogo por alguns instantes. 

Já nos acréscimos, com 48 minutos, aconteceu a jogada mais bonita da primeira etapa. Nathan Fernandes deu um toque por cobertura e encontrou Cristaldo atrás da defesa do Novo Hamburgo. Maticoli se atirou e evitou o gol do Grêmio com o pé. Antes do fim da etapa final, o Grêmio ainda acertou a trave de Maticoli em finalização de Nathan Fernandes.

Renato fez outras duas trocas no Grêmio para iniciar o segundo tempo. Colocou Nathan e André Henrique. Saíram Cristaldo e Galdino. A mudança deu resultado rápido. André recebeu na área aos três minutos, dominou e bateu de três dedos na bola fazer um bonito gol. A vantagem do placar tirou peso do time. Após participar da origem do primeiro gol, JP Galvão encontrou Nathan Fernandes na área. O jovem foi derrubado, e o pênalti marcado. O problema é que a falta lesionou o atacante. Besozzi entrou em campo. Reinaldo pegou a bola e entregou a bola para João Pedro Galvão converter a cobrança. O time todo correu em diração a ele e abraçou o camisa 11 na comemoração.

Sem forças para reagir, o Novo Hamburgo seguiu pressionado. J.P Galvão recebeu o cruzamento e bateu. A bola bateu na mão de um defensor do adversário, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Reinaldo perdeu no rebote. A vantagem só não aumentou por desperdício de Besozzi. André Henrique recebeu de Pepê na área, driblou o marcador e bateu cruzado. A defesa de Maticoli deixou a bola no pé direito do argentino, que bateu por cima do gol, com 22 minutos de segundo tempo.

Os jogadores do Grêmio ficaram na bronca com a arbitragem em outro lance na área do Novo Hamburgo. A cobrança foi de outro toque da bola no braço. O Tricolor seguiu em busca do terceiro gol. Quem terminou bem a noite com o torcedor foi João Pedro Galvão, que deu lugar a Rubens, e deixou o gramado aplaudido após as vaias do início da partida.

Com vaga às quartas de final do Gauchão encaminhada pela vitória, o Grêmio mantém o foco nas cinco próximas rodadas para assegurar o mando de campo nas fases de mata do Estadual. A preocupação da noite foi outra lesão em um atacante. Após perder Soteldo, agora foi a vez de Nathan Fernandes sair da Arena lesionado.

Gauchão — 6ª rodada — 6/2/2024

Grêmio (2)
Marchesín; Fabio (João Pedro, 34'/1ºT), Geromel, Kannemann e Reinaldo; Villasanti e Pepê; Galdino (André Henrique, int.), Cristaldo (Nathan, int.) e Nathan Fernandes (Besozzi, 8'/2ºT); JP Galvão (Rubens, 38'/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi

Novo Hamburgo (0)
Maticoli; Itaqui, Islan (Santiago, 13'/1ºT), Marcão, Raí; Robson, Felipe Fraga (Bahia, int.); Tanque, Garré (Dionathã, 28'/2ºT), Patrick (Christian, 38'/1ºT); Édipo (Parede, int.). Técnico: Edinho Rosa

GOLS: André Henrique, aos 3min, e J.P Galvão aos 8min do 2º tempo
CARTÕES AMARELOS: Nathan Fernandes (G); Patrick, Islan, Santiago e Marcão (N)
ARBITRAGEM: Roger Goulart, auxiliado por Otávio Lagramanti e Conrado Bittencourt
PÚBLICO: 13.707 (12.105 pagantes)
RENDA: R$ 500.693,00
LOCAL: Arena do Grêmio

Próximo jogo
Sábado, 10/2 — 16h30min
Grêmio x São Luiz
Arena — Gauchão (7ª rodada)

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH