Ouça agora

RADIOINFORMAÇÃO

com ELISIANE LUDWIG

Esportes

Inter vence o ASA e se garante na segunda fase da Copa do Brasil

Em Alagoas, Colorado ganhou por 2 a 0; na próxima fase, adversário será o Nova Iguaçu-RJ

Inter vence o ASA e se garante na segunda fase da Copa do Brasil
Alario abriu o placar em Arapiraca. Marlon Costa / AGIF - Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo
  • 28/02/2024 - 22:28

O Inter espantou os fantasmas do Globo-RN e superou o ASA de Arapiraca na arrancada da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (28), o Colorado contou com um gol de Lucas Alario para abrir vantagem cedo no duelo disputado no Estádio Fumeirão. Vitão, no início do segundo tempo, ampliou e decretou o 2 a 0.

Classificado, o Inter irá enfrentar a sequência da Copa do Brasil o Nova Iguaçu, que goleou o Itabuna-BA por 8 a 0 na noite desta quarta. O time fluminense será o mandante no confronto que vai ser jogado em 6 ou 13 de março — a CBF ainda irá confirmar a data. Diferentemente da primeira fase, na segunda não há vantagem do empate. Se não houver vencedor nos 90 minutos, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Além de Lucas Alario no lugar de Enner Valencia, que sequer viajou a Arapiraca por dores no pé direito, o Inter teve a presença de Igor Gomes na vaga de Robert Renan como novidade na escalação em relação ao Gre-Nal.  A entrada de Igor Gomes pelo lado direito da zaga mudou o posicionamento de Vitão, que passou a jogar pela esquerda.

Novidade na equipe, Igor Gomes iniciou dando um susto nos colorados. Aos 2 minutos, ele recuou curto para Anthoni, que não conseguiu chegar. A bola sobrou livre para Didira, que teve o gol aberto a sua frente, mas chutou por cima perdendo uma grande chance. 

A imprecisão que faltou para Didira sobrou para Lucas Alario logo depois. Aos 5, após escanteio batido por Mauricio, o argentino conseguiu dominar dentro da área e bateu para vencer o goleiro e abrir o placar para o Inter: 1 a 0.

Apesar do gol, o Inter seguiu levando sustos. Diferentemente do que ocorre no Gauchão, o Colorado teve dificuldade para manter a posse da bola nos primeiros minutos. O ASA, assim, seguiu ameaçando. Aos 6, Didira finalizou raspando a trave esquerda. Aos 8, Gabriel chutou cruzado e o goleiro Anthoni defendeu. Na sequência, Keliton chegou a mandar para o gol, mas o lance foi anulado por impedimento

O Inter só voltou a chegar ao ataque aos 12, quando Bruno Henrique chutou e Bruno Pianissola fez boa defesa após a bola ter tido um desvio no caminho. Mauricio teve outra chance em uma jogada que iniciou na zaga e terminou com um cruzamento de Wanderson para o camisa 27, que cabeceou para fora.

A pressão que fazia na saída de bola para recuperar logo e atacar não foi mantida pelo ASA. Assim, a qualidade colorada foi aparecendo mais na reta final do primeiro tempo.  Aos 25, Bruno Henrique acertou a rede pelo lado de fora após um bom pivô de Alario. Aos 41, Wanderson teve a chance com o gol aberto após passe de Mauririo perdendo a chance de ampliar a vantagem.

— Soubemos sofrer no primeiro tempo. A verdade é que não jogamos como queríamos. Conseguimos nos colocar em vantagem e agora é tratar de melhorar para o segundo tempo — reconheceu o autor do gol Lucas Alario na saída para o intervalo.

Autor do gol, Alario não voltou para o segundo tempo. Ele foi substituído por Lucca na primeira troca de Eduardo Coudet.  

Na etapa final, o Inter voltou a fazer valer a sua bola parada. Aos 8, após escanteio batido curto, Mauricio cruzou para Wanderson, que escorou a bola para Vitão. O zagueiro fez o papel de centroavante para empurrar para o gol e dobrar a vantagem colorada: 2 a 0.

O segundo do Inter esfriou qualquer tentativa de reação do ASA, que até levou perigo aos 17 com Anderson Feijão em lance que Anthoni fez a defesa em boa saída. Coudet mexeu pela segunda vez um minuto depois com Rômulo no lugar de Bruno Henrique. Wesley no lugar de Mauricio e Bruno Gomes por Aránguiz foram as outras trocas coloradas já na metade de um segundo tempo em que o Inter tratou de administrar a vantagem. 

Os gols de Alario e Vitão confirmaram o Inter na segunda fase da Copa do Brasil sem sustos nem chance para zebra.

Copa do Brasil  — 1ª fase  — 28/2/2024

ASA
Bruno Pianissola; Paulinho, Roni Lobo, Benné e Gabriel; Colina, Allef (Thiaguinho, 25’/2ºT); Keliton, Didira (Júnior Viçosa, 31’/2ºT), Wescley; Flávio Souza. Técnico: Rodrigo Fonseca.

INTER
Anthoni; Bustos, Igor Gomes, Vitão e Renê; Aránguiz  (Bruno Gomes,  25’/2ºT); Mauricio (Wesley, 25’/2ºT), Bruno Henrique (Rômulo, 18’/2ºT) e Wanderson (Gustavo Prado, 33’/2ºT) ; Alan Patrick e Alario (Lucca, INT). Técnico: Eduardo Coudet.

GOLS: Lucas Alario (I), aos 5min do 1º tempo; Vitão, aos 8min do 2º tempo
CARTÕES AMARELOS: Allef, Bruno Pianissola, Colina (A); Renê, Alan Patrick (I)
ARBITRAGEM: Bráulio da Silva Machado (Fifa-SC), auxiliado por Henrique Neu Ribeiro (SC) e Tiaggo Americano Labes (SC).  
LOCAL: Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, o  Fumeirão, em Arapiraca.

Próximo jogo
Sábado, 2/2 - 16h30min
Juventude x Inter
Alfredo Jaconi – Gauchão (11ª rodada)

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH