Horário sem programação!

Agricultura

Preço de referência pago ao produtor de leite registra estabilidade

  • 23/12/2016 - 14:08
Preço de referência pago ao produtor de leite registra estabilidade
Depois de um período de turbulência que se iniciou no segundo semestre do ano, com queda expressiva nos preços, os valores referência pagos ao produtor pelo litro do leite se estabilizaram no Rio Grande do Sul. A última reunião do ano do Conseleite, realizada terça-feira (20), apontou que o valor consolidado de novembro ficou em R$ 0,9407, acima do projetado de R$ 0,9362. 
Para dezembro, o preço de referência estimado é de R$ 0,9407, cerca de 53% abaixo do mês passado. 
O presidente do Conseleite, Alexandre Guerra, afirmou que a estabilidade reflete o momento econômico de contenção das importações. “As indústrias estão trabalhando na ribanceira. Tivemos um ano todo de inflação e estamos vendendo o leite UHT no mesmo preço do ano passado”, pontuou Guerra.
Para o assessor de Política Agrícola da Fetag, Márcio Langer, o produtor contou com alguns meses de bons preços em 2016, mas a expectativa se transformou em frustração. “Estamos pior que antes”, lembrou, ao alertar que deve aumentar o desestímulo entre os produtores, já que o preço não acompanha a alta dos custos.
O vice-presidente do Conseleite, Jorge Rodrigues, avaliou, que, apesar dos percalços e muitos produtores estarem trabalhando no vermelho, a perspectiva é de maior estabilidade em 2017. Lembrou também que a produção de leite no Estado triplicou. “Levamos um baque com a importação do Uruguai, mas temos que ter claro que vivemos em um cenário globalizado. Se nosso preço estiver muito acima, vamos ter novamente esse baque”, completou.
 
Fonte: Com informa