Horário sem programação!

Agricultura

Chuva volta e produtores esperam que, agora, ela seja mais regular

  • 16/01/2020 - 13:16
Chuva volta e produtores esperam que, agora, ela seja mais regular
Reprodução/Internet
A frente fria que chegou ontem ao Rio Grande do Sul com chuva forte, rajadas de vento e trovoadas provocou danos em Porto Alegre, como queda de árvores, sinaleiras fora de operação e falta de luz.
Em Três de Maio, onde havia chovido apenas de forma localizada desde dezembro, as precipitações registradas nas últimas horas trouxeram alívio para os produtores rurais. Há relatos de ouvintes da Colonial FM de volumes expressivos, que variam de 40 milímetros a 100 milímetros, dependendo da localização das propriedades. 
A volta da umidade beneficia principalmente as lavouras de soja, que estão no estágio de desenvolvimento vegetativo e floração, as variedades mais precoces já estão entrando na fase de enchimento de grãos, período em que não pode faltar água. Portanto, a partir de agora, é preciso que as chuvas se tornem mais regulares.
Com o retorno da umidade, o agrônomo da Emater Fábio Carlek alerta para a necessidade de fazer as aplicações preventivas de doenças, com atenção especial para a ferrugem asiática. 
Já o professor Alencar Júnior Zanon da Universidade Federal de Santa Maria chama a atenção para o o fato de que, embora bem mais expressivas, estas chuvas, por si só, não são suficientes para consolidar aa atual safra e que, a partir de agora, é preciso, que chova com mais regularidade. Ele calcula que ainda seriam necessários mais 500 milímetros até o período de colheita, entre março e abril. 
As pastagens e as áreas destinadas a produção frutífera e hortaliças também estavam sentindo os efeitos da falta de chuvas. 
A área de instabilidade se afasta do Estado no fim da tarde de hoje e o tempo muda novamente. A partir de sexta-feira o sol volta a aparecer com elevação das temperaturas. O fim de semana deve ser ensolarado. A possibilidade de retorno da chuva na próxima segunda-feira. 
 
Fonte: Reda