Ouça agora

HORA CATÓLICA TRÊS DE MAIO

Economia

Confira o calendário de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600

  • 15/05/2020 - 09:28
Confira o calendário de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600
Barbara Batista/Agência Senado

O governo federal divulgou, nesta sexta-feira (dia 15), o calendário de pagamento dos trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) que se cadastraram para receber o auxílio emergencial de R$ 600 e não recebem outro benefício social, como o Bolsa Família. Para esse grupo, o pagamento começará no dia 20 de maio.

A portaria que definiu o calendário também alterou a forma de recebimento dos trabalhadores que se inscreveram no programa por meio do site e do aplicativo e informaram uma conta já existente para recebimento do benefício.

Para esses beneficiários, a segunda parcela também será depositada em poupança digital na Caixa em um primeiro momento. Esses recursos vão poder ser usado digitalmente (para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual) até uma segunda data, quando os recursos restantes nessa poupança serão então transferidos para a conta que o trabalhador indicou ao fazer o cadastro.

"Nas datas indicadas (confira o primeiro cronograma abaixo), os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual", informou o governo. Essa movimentação de recursos continuará sendo feita pelo aplicativo Caixa Tem.

O saque em dinheiro para esses trabalhadores informais começará apenas em 30 de maio. Mas, neste caso, será permitido apenas a retirada de um grupo por dia, para evitar aglomerações nas agências bancárias (confira o segundo calendário abaixo). As transferências bancárias também só estarão liberadas a partir do dia 30, de acordo com o mês de nascimento.

A ideia é também acabar com a sobreposição de pagamento com os beneficiários do Bolsa Família (que farão os saques de 18 a 29 de maio). Portanto, o pagamento da segunda parcela será mais espaçado.

Segundo o governo, 58 milhões de pessoas estão aptas a receber o auxílio em todo o país. Desse total, 28 milhões são pessoas que não recebiam nenhum benefício social e que se inscreveram pelo site do banco ou pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial.

As novas datas foram publicadas no Diário Oficial da União, por meio da Portaria 386, do Ministério da Cidadania.

 

Calendário de depósito, sem direito a saque, apenas movimentação da conta

20 de maio - nascidos em janeiro e fevereiro (5 milhões de pessoas)

21 de maio - nascidos em março e abril (5,3 milhões de pessoas)

22 de maio - nascidos em maio e junho (5,3 milhões de pessoas)

23 de maio - nascidos em julho e agosto (5,2 milhões de pessoas)

25 de maio - nascidos em setembro e outubro (5,2 milhões de pessoas)

26 de maio - nascidos em novembro e dezembro (5 milhões de pessoas)

Calendário de saques em dinheiro e transferências bancárias

30 de maio - nascidos em janeiro (2,6 milhões de pessoas)

1 de junho - nascidos em fevereiro (2,4 milhões de pessoas)

2 de junho - nascidos em março (2,7 milhões de pessoas)

3 de junho - nascidos em abril (2,6 milhões de pessoas)

4 de junho - nascidos em maio (2,7 milhões de pessoas)

5 de junho - nascidos em junho (2,6 milhões de pessoas)

6 de junho - nascidos em julho (2,6 milhões de pessoas)

8 de junho - nascidos em agosto (2,6 milhões de pessoas)

9 de juho - nascidos em setembro (2,6 milhões de pessoas)

10 de junho - nascidos em outubro (2,6 milhões de pessoas)

12 de junho - nascidos em novembro (2,5 milhões de pessoas)

13 de junho - nascidos em dezembro (2,5 milhões de pessoas)

No dia 11 de junho, não haverá pagamento, pois é feriado de Corpus Christi.

Fonte: Site do Jornal Extra