Ouça agora

CONEXÃO 94,7

com MAGLIA MAICÁ

Economia

Nascidos de julho a setembro incluídos em lote extra do auxílio emergencial já podem sacar 1ª parcela

  • 13/07/2020 - 09:46
Nascidos de julho a setembro incluídos em lote extra do auxílio emergencial já podem sacar 1ª parcela
Reprodução/Internet

Nesta segunda-feira (dia 13), a Caixa Econômica Federal paga a primeira parcela do auxílio emergencial para trabalhadores nascidos de julho a setembro que foram incluídos em um lote extra (lote 3) divulgado em meados de maio.

O dinheiro foi depositado em contas poupanças digitais em junho, mas o saque e as transferências ainda não estavam liberados. A previsão inicial era de que apenas os nascidos em julho receberiam agora, mas o governo decidiu antecipar as retiradas para quem faz aniversário em agosto e setembro.

Segundo o governo, essas pessoas se inscreveram pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial ou pelo site caixa.gov.br entre 1º e 26 de maio de 2020. Por isso, foram incluídas em um lote adicional, totalizando 4,9 milhões de trabalhadores. São informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs) e desempregados em seguro-desemprego.

No caso dos nascidos de outubro a dezembro (1,2 milhão de pessoas), o saque será permitido a partir desta terça-feira (dia 14), também com antecipação. Veja abaixo.

No dia 16 de junho, o dinheiro foi depositado para os que nasceram entre janeiro e junho. No dia 17 de junho, o banco fez crédito do auxílio para os cidadãos com aniversário de julho a dezembro.

Num primeiro momento, a quantia ficou disponível apenas para movimentação via aplicativo Caixa Tem — disponível para celulares com sistemas Android e iOS. Com o app, é possível quitar boletos (como os de água, luz e telefone) e fazer compras em lojas, farmácias e supermercados (gerando um cartão de crédito virtual ou usando QR COde para pagamento, aproximando o celular da maquininha do estabelecimento comercial).

Somente a partir de 6 de julho, o dinheiro começou a ser liberado para saque ou transferência bancária, conforme o mês de nascimento. No início, a cada dia um grupo era contemplado. No entanto, nos dias 13 e 14 de julho, o pagamento será agrupado. A decisão foi anunciada na semana passada pelo Ministério da Cidadania. Confira abaixo.

Calendário de retiradas em dinheiro ou transferências

Nascidos em janeiro - 6 de julho (400 mil pessoas)

Nascidos em fevereiro - 7 de julho (400 mil pessoas)

Nascidos em março - 8 de julho (400 mil pessoas)

Nascidos em abril - 9 de julho (400 mil pessoas)

Nascidos em maio - 10 de julho (400 mil pessoas)

Nascidos em junho - 11 de julho (400 mil pessoas)

Nascidos de julho a setembro - 13 de julho (1,2 milhão de pessoas)

Nascidos de outubro a dezembro - 14 de julho (1,2 milhão de pessoas)

Ainda não há data para o pagamento da segunda parcela para este grupo.

Fonte: Site do Jornal Extra