Horário sem programação!

Geral

Greve é parcial na agência dos Correios de Três de Maio

  • 25/08/2020 - 10:51
Greve é parcial na agência dos Correios de Três de Maio
Fernando Frazão/Agência Brasil

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), parte dos trabalhadores decidiu cruzar os braços em protesto contra a proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas.

Segundo a entidade, "a direção da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) propõe a retirada de 70 cláusulas nas quais previam direitos importantes da categoria". Na lista, estariam benefícios como: vale alimentação, vale cultura, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, pagamento de adicional noturno e horas extras.

Com a suspensão do acordo coletivo, os empregados sofrerão descontos na folha de pagamento já a partir deste mês. Em alguns casos, segundo a federação, a queda na remuneração pode chegar a 40%.

A categoria também reivindica mais atenção, por parte da empresa, quanto aos riscos que o novo coronavírus representa para os empregados.

Na agência dos Correios de Três de Maio, a adesão à greve, iniciada no último dia 17, é parcial. Os Correios informam que a entrega de cartas e encomendas estaria mantida em todo o país e que isso foi possível porque a empresa contou com o reforço de empregados da área administrativa e de veículos extras.

Em nota à imprensa, a empresa afirma que o movimento grevista “afeta a imagem da instituição e seus empregados perante a sociedade”.

Fonte: Redação