Horário sem programação!

Trânsito

Ônibus envolvido em acidente com duas mortes em Santa Catarina havia saído de Caxias do Sul

Pelo menos 20 pessoas que estavam no coletivo com destino a Foz do Iguaçu ficaram feridas

  • 29/08/2020 - 16:29
Ônibus envolvido em acidente com duas mortes em Santa Catarina havia saído de Caxias do Sul
Coletivo da Unesul tombou em trecho de linha reta na SC-480, em Xanxerê, no oeste catarinense - Bombeiros / Divulgação

Um ônibus da Unesul, que saiu de Caxias do Sul às 13h de sexta-feira (28) com destino a Foz do Iguaçu (PR), tombou por volta das 0h30min deste sábado (29) no km 87 da SC-480, em Xanxerê, no oeste catarinense. Duas pessoas morreram e pelo menos 20 ficaram feridas. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas.

As informações iniciais foram confirmadas Polícia Militar de Santa Catarina e pela empresa Unesul. Os nomes de todas as 32 pessoas que estavam no coletivo ainda não foram divulgados. O veículo era conduzido por um motorista de 56 anos, que não ficou ferido. No entanto, ele assumiu o ônibus em Erechim, no norte do Estado – em viagens mais longas, é obrigatória a troca de motoristas. A polícia catarinense informa que o teste do bafômetro no condutor deu negativo e destaca que o trecho de pista simples onde houve o tombamento é de linha reta, além de estar em boas condições, ser bem iluminado.  O motorista apenas relatou que perdeu o controle do veículo. 

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina informou que uma das pessoas mortas foi identificada. Um homem de 60 anos, natural do Paraná. A outra também é um homem, com cerca de 40 anos e cabelos compridos, mas ainda sem identificação.  Quatorze vítimas feridas foram encaminhadas para o hospital de Xanxerê — sendo que duas foram posteriormente para Chapecó, com uma delas passando por cirurgia e a outra já liberada — e outras seis foram conduzidas para hospital de Xaxim, cidade próxima. Ao todo, dez não tiveram ferimentos. A Unesul informa que está averiguando informações sobre os passageiros e condutor do ônibus, em relação às cidades de origem de todos os ocupantes, mas que a primeira ação realizada é dar assistência para as pessoas que estavam no coletivo. 

Postado por Pualo Marques

Fonte: Gaúcha ZH