Ouça agora

STUDIO 94

com JEVERSON MARTINS

Esportes

Inter goleia o Juventude e vai à final do Gauchão

Yuri Alberto, Mauricio, Edenilson e Rodinei marcaram no Beira-Rio, reverteram desvantagem e garantiram o time de Miguel Ángel Ramírez na decisão do Estadual

  • 08/05/2021 - 21:08
Inter goleia o Juventude e vai à final do Gauchão
Ricardo Duarte / Inter/Divulgação

O Inter é o primeiro classificado à final do Gauchão 2021. Depois de perder por 1 a 0 o jogo de ida da semifinal, em Bento Gonçalves, o Colorado venceu o Juventude por 4 a 1 neste sábado (8), no Beira-Rio, e garantiu sua vaga no tempo normal. Os gols foram marcados por Yuri Alberto, Mauricio, Edenilson e Rodinei — Matheus Peixoto descontou para os visitantes. Agora, a equipe comandada por Miguel Ángel Ramírez aguarda o vencedor entre Grêmio e Caxias, que se enfrentam neste domingo, na Arena, para saber quem será o adversário pelo título estadual.

Em comparação à escalação que goleou o Olimpia no meio de semana, o técnico espanhol fez apenas duas alterações. Sem Taison, que não está inscrito no Campeonato Gaúcho, e com Marcos Guilherme no banco, optou por Praxedes e Palacios. E, assim, o time vermelho se jogou ao ataque no início da partida.
A estratégia do Juventude, porém, estava muito bem definida. Compactado atrás, os visitantes deixavam o Inter rodar a bola, protegendo o goleiro Marcelo Carné. Sem alternativas, o Colorado passou a recorrer aos cruzamentos. Em um deles, Mauricio encontrou Thiago Galhardo, que cabeceou para fora.


Aos poucos, o time alviverde passou a se soltar em campo e, em uma das poucas escapadas, Capixaba invadiu a área em velocidade e tentou acionar o atacante Matheus Peixoto. No entanto, Rodinei se antecipou, evitando que o placar fosse aberto.

Não bastasse o susto, Ramírez ainda se viu obrigado a mexer na equipe. Após dividida com o lateral Alyson, Palacios caiu no gramado aos prantos e teve de ser substituído. Para seu lugar, Yuri Alberto foi chamado. E não é que o centroavante mostrou ter estrela?

Logo em seu primeiro toque na bola, aos 42 minutos, o camisa 11 desarmou um rebote de escanteio na entrada da área colorada e partiu em disparada com Galhardo, que lhe presenteou em frente a Carné: 1 a 0.

O gol mudou completamente o cenário e, antes mesmo do intervalo, o Inter conseguiu ampliar o marcador. Atordoada com o que havia acabado de acontecer, a defesa do Juventude falhou na saída de bola. Edenilson não perdoou. Avançou alguns metros e cruzou rasteiro na segunda trave, onde surgiu Mauricio para balançar as redes outra vez.

A vantagem fez o Inter retornar para o segundo tempo em uma rotação abaixo. A postura quase fez o Juventude descontar no marcador. Com segundos de bola rolando, Matheus Peixoto saiu na cara de Lomba, mas Dourado deu carrinho providencial, impedindo a conclusão. Na cobrança de escanteio, o centroavante levou perigo novamente, tirando tinta da trave em um cabeceio.

Precisando de um gol para seguir vivo na disputada, o time caxiense se expôs e, inevitavelmente, cedeu espaço para os donos da casa. Assim, aos 13, Galhardo foi lançado e rolou para Yuri Alberto, que acabou derrubado pelo goleiro dentro da área. Com o auxílio do VAR, o árbitro voltou atrás da decisão de impedimento e assinalou a penalidade. Coube a Edenilson mostrar que é o cobrador oficial do Beira-Rio: 3 a 0.

Entretanto, bastou o jogo reiniciar para que as emoções voltassem. Acionado em velocidade, Paulo Henrique invadia a área, quando acabou atingido por Cuesta. O VAR entrou em campo e também indicou o pênalti. Matheus Peixoto cobrou com precisão, rasteiro no canto direito de Lomba.

A partida ganhou ares de tensão, com a equipe da Serra desesperada em busca de mais um gol, que levaria a disputa para as penalidades. Contudo, foi o Inter quem encontrou o quarto gol. Em rebote de Carné, após chute de Caio Vidal, o lateral Rodinei apareceu de surpresa na área para decretar uma nova goleada dos comandados de Ramírez.

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH