Ouça agora

REDE GAÚCHA SAT

com REDE GAÚCHA SAT

Esportes

Grêmio leva a virada da LDU na Arena e é eliminado da Sul-Americana

Com pênalti polêmico para o adversário, Tricolor perdeu por 2 a 1 e deixou escapar classificação

  • 20/07/2021 - 21:22
Grêmio leva a virada da LDU na Arena e é eliminado da Sul-Americana
Jefferson Botega / Agencia RBS

Em jogo marcado por um polêmico pênalti dado a favor da LDU com interferência do VAR, o Grêmio foi derrotado por 2 a 1, de virada, na Arena, na noite desta terça-feira (20) e está eliminado da Copa Sul-Americana. O Tricolor saiu na frente com Diego Souza, mas Jordy Alcivar anotou os dois gols que garantiram a classificação para os equatorianos.

Eliminado na Sul-Americana, o Grêmio agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, onde terá no sábado (24), às 17h, novamente em casa, um duelo direto com o América-MG na briga para sair da zona do rebaixamento. Suspenso pelo terceiro amarelo, Kannemann será desfalque. Douglas Costa estará novamente à disposição de Felipão.

Sem desfalques por lesão ou suspensão, o técnico Luiz Felipe Scolari decidiu repetir a escalação da vitória sobre o Fluminense para buscar a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana. Já Pablo Marini, que escalou reservas na última rodada do Campeonato Equatoriano, mandou a LDU a campo com duas mudanças em relação ao time da ida, em Quito. O atacante Kevin Mercado foi o substituto de Arce, que sofreu um acidente de carro e sequer veio a Porto Alegre, enquanto Perlaza ganhou uma vaga na lateral direita. 

Em desvantagem pela derrota em sua casa, a equipe equatoriana iniciou com uma postura ofensiva na Arena. A LDU ocupou o campo do Grêmio, que optou por uma marcação baixa apostando em gerar espaço para ter o contra-ataque. Apesar de uma posse de bola que superou os 70% nos primeiros minutos, os equatorianos tinham dificuldade para finalizar. Uma rara chegada com perigo aconteceu aos 9 minutos, quando Geromel se esticou para fazer um corte preciso em cruzamento de Mercado que buscava Julio dentro da pequena área gremista.

Com o cronômetro se aproximando dos 20, o Grêmio começou a ameaçar. Primeiro, Bobsin chutou cruzado e obrigou Gabbarini a uma bela defesa. Três minutos depois, o placar foi aberto. Alisson cruzou da esquerda para Diego Souza, que subiu mais alto que a defesa e contou com uma falha do goleiro equatoriano para fazer 1 a 0.

O gol que deveria dar tranquilidade ao Grêmio serviu para acordar a LDU, que passou a se aproximar mais da área gremista. Aos 31, Amarilla ganhou de Vanderson pelo alto e testou para defesa de Chapecó. O goleiro gremista trabalhou bem na sequência para defender um chute forte de Alcivar.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, Alcivar voltou a aparecer. Dessa vez, ele infiltrou na área entre Geromel e Vanderson em um cruzamento de Perlaza e testou com força, sem nenhuma chance de reação para Chapecó. O jogo foi para o intervalo com o placar igualado por 1 a 1.

Como o empate ainda servia, o Grêmio voltou para o segundo tempo com a mesma postura do início do jogo, de marcar no seu campo e apostar nos contra-ataques. Dessa vez, porém, a chance de gol veio cedo. Logo 3 minutos, Léo Pereira recebeu de Alisson e saiu cara a cara com Gabbarini, mas perdeu uma oportunidade incrível para colocar o Tricolor na frente novamente.

O gol perdido por Léo Pereira custou caro porque logo depois um erro da arbitragem prejudicou o Grêmio. Após uma disputa entre Fernando Henrique e Jhohan Julio que pareceu normal na área gremista, o árbitro José Argote foi chamado pelo VAR para rever o lance e optou por marcar o pênalti. Alcivar fez a cobrança e virou o placar para os equatorianos aos 10 minutos: 2 a 1.

Com a virada, Felipão mandou Pinares e campo no lugar de Léo Pereira. Na sequência, Diogo Barbosa e Léo Chú entraram por Fernando Henrique e Cortez.

Foi a primeira vez sob o comando de Felipão que o Grêmio esteve atrás no marcador e equipe não se mostrou organizada para atacar. O Tricolor até ocupou o campo da LDU, mas de forma pouco racional para gerar situações de gol. De virada e com razão para reclamar da arbitragem, o Grêmio deu adeus à Copa Sul-Americana.

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH