Ouça agora

RADIOJORNALISMO

com ALEXANDRE DE SOUZA

Polícia

Corpo fracionado de uma mulher e um suicídio colocam região diante de um crime macabro

  • 29/08/2020 - 16:16
Corpo fracionado de uma mulher e um suicídio colocam região diante de um crime macabro
Jornal Folha Cidade

O suicídio de um homem identificado como Jandir Scaranti, 28 anos,  registrado em Santa Rosa na quinta-feira, dia 27, foi o início do que pode ser o trágico fim de um relacionamento dele com Eliziane Beatriz Bastos de 26 anos. Também se comprovado, o desfecho de um assassinato com requintes de crueldade.

Jandir Scaranti, a princípio,  tirou a própria vida com um disparo de arma de fogo, mas estranhamente a namorada não teria comparecido aos atos fúnebres e nem teria sido localizada pelos familiares, estando desaparecida desde a quarta-feira, dia 26. Ele foi encontrado sem vida no banheiro de sua residência dia 27.

Uma informação de pessoa conhecida, que teria visto Jandir antes de sua morte numa casa de veraneio na localidade de Lajeado Saltinho – Novo Machado, levou a polícia até a localidade para efetuar buscas na tarde de sexta-feira dia 28, onde foram notados vestígios de uma espécie de cova e localizados pedaços de um corpo.

De acordo com a polícia, Jandir é o principal suspeito de ter matado e fracionado o corpo da mulher. Pelas partes encontradas a família já identificou ser de Eliziane. Em buscas na casa de Scaranti foi apreendida uma mala contendo sangue e carne congelada. A suspeita é de que possam ser outros pedaços de carne humana. O material foi encaminhado para a perícia em Ijui e a polícia segue investigando o caso.

O delegado Marcelo Lerch que participou da diligência não deu maiores detalhes, segundo ele para não atrapalhar passos da investigação. Segundo informações, o homem que suicidou-se, pediu a vizinhos sacos plásticos emprestados para, segundo ele, armazenar terra fértil da mata destinada ao plantio de mudas horas antes de atentar contra a própria vida.

Postado por Paulo Marques

Fonte: Jornal Folha Cidade